Manifesto lança desafio para construção de ampla plataforma política

FM grande

A Associação Fórum Manifesto lançou um desafio a outros atores sociais e políticos para a construção de uma ampla plataforma política de debate programático no qual se possa ancorar uma futura governação de esquerda. Este apelo teve já, como momento prévio, o diálogo com independentes que foram promotores do Manifesto 3D e com o Partido Livre.

“Este processo, em que o Manifesto se empenhará, deverá culminar na construção de uma ampla plataforma com outros actores políticos e sectores sociais, que permita apresentar aos portugueses, nas próximas eleições de 2015, uma candidatura determinada a participar numa solução de governação”, segundo a resolução política hoje aprovada na Assembleia Geral Extraordinária.

Os associados do Manifesto pretendem construir uma “agenda progressista e transformadora”.

Para a Associação liderada por Ana Drago, é “necessário colocar em marcha um processo mobilizador de construção programática, que conte com a participação de diferentes sectores e organizações da sociedade portuguesa, em torno de um programa de governação determinado em combater o empobrecimento e o declínio do país para garantir um futuro de dignidade e justiça, e preparado para enfrentar dificílimos desafios e constrangimentos com realismo e determinação”, lê-se.

Durante o encontro foram ainda eleitos os novos corpos sociais da Associação. A sua composição incorpora já inúmeros elementos que promoveram o Manifesto 3D e entretanto aderiram ao Manifesto. A direção executiva será presidida por Ana Drago e contará ainda com Daniel Oliveira, Ricardo Paes Mamede, Nuno Serra e Rogério Moreira. Para além da direção foram eleitos o Conselho Geral, órgão deliberativo entre Assembleia Gerais, o Conselho Fiscal e a Mesa da Assembleia Geral.

O encontro contou com novos associados de todo o país e decorreu hoje na Casa da Imprensa, em Lisboa.

Depois das sessões públicas de Lisboa e Tavira, está agendado para 18 de setembro um novo debate no Porto, com a participação de Ana Drago, Daniel Oliveira, Rui Feijó e Gaspar Martins Pereira, no Café Ceuta e outro em Coimbra, a 25 de setembro.

Este artigo foi publicado em Home, Textos e Opinião. Bookmark o permalink.